sexta-feira, 18 de junho de 2010

INSPIRAÇÃO...

Uma grande dúvida que às vezes nos atinge é como ou onde se inspirar ao cantar uma canção.
Claro, aquelas que adoramos, que fazem parte da nossa história, essas são mais fáceis!
Desafio maior é inspirar-se ao cantar músicas "novas"...

Eu parto de um princípio simples: pegar uma palavra, uma frase, uma nota da melodia ou da harmonia, algo, enfim, que me lembre algo ou alguém, mais provavelmente.

Apenas uma palavra pode-nos tocar tão profundamente que nos "entreguemos" àquela canção, como deve ser ao cantar ou mesmo tocar um instrumento: entrega total.

Lembrar de alguém que gostamos. Lembrar de um lugar que conhecemos. Uma paisagem...
Pensar em alguém que se foi.
Pensar em alguém que vai chegar.

Pensar em alguém que esteja junto de nós naquele exato momento em que cantamos/tocamos.
Pensar em alguém que GOSTARÍAMOS que estivesse junto ali, naquele momento.
Pensar em alguém "impossível" para você, ainda que não seja essa a sua vontade.

Lembrar de situações que passamos, superamos. Ou de desafios vindouros...
Pensar em Deus, na beleza da vida.
Pensar nas dificuldade da vida.

Se for possivel, feche os olhos...nem que seja rapidamente...

Ou simplesmente se deixar levar pelo som, com o intuito apenas de ver o público divertir-se, sorrir, chorar, enfim se emocionar.


Bem, é infinita a lista de como se inspirar...e muito particular de cada um de nós.

Esta é apenas a minha "visão"...e como tento fazer ao cantar.



Carpe Diem!

Edu.

quinta-feira, 17 de junho de 2010

DA EMOÇÃO DE ESTAR NO PALCO.

Para quem canta, por si só o ato de cantar já é extremamente satisfatório e prazeroso.

Para quem é “movido a música”, para aqueles em que é PRECISO ouvir, tocar, cantar, VIVER música o tempo todo, aqueles minutos/horas de música é estar onde se mais gosta, é como o rio ou o mar para os peixes, o vento para os moinhos, a água para as plantas.

Estar em um palco (ou qualquer lugar público para apresentar-se), então, é algo quase indescritível.

Sentir a emoção, aquele “frisson”dos momentos que antecedem as apresentações, aquele friozinho na barriga, aquela ansiedade gostosa, fazem parte desse momento tão especial.
É o ápice, o clímax, após dias, meses de preparo.
Ou mesmo num improviso, numa “canja”inesperada.

É estar em seu “habitat natural”, ainda que preocupados que ficamos com a técnica, com a postura, com a respiração, com o posicionamento no palco, com a iluminação e o som.
Ali quem comanda é a emoção, é o coração.
É o cantor soltando a voz, tornando-se PLENO.
Ou o guitarrista, o baterista, o instrumentista em seu solo, solitário e entregue à arte de encantar.

Estar no palco é ter o máximo de respeito com o público, mas ao mesmo tempo dar-se o direito de estar “em outro mundo”, o nosso próprio mundo, cada um dentro da sua “redoma” e entregue totalmente àquele momento.

É ser totalmente “você”, doando-se a quem assiste.
É esquecer problemas, temores, as dores.
É entregar-se a canções, personagens, amores.

Mesmo para quem já teve incontáveis experiências em palcos, jamais uma vez será igual à outra: seja na ansiedade e surpresas da estréia, seja na beleza da apresentação única, seja na riqueza do momento do “gran finale”(o último dia), seja na insegurança de quem pisa aquele lugar tão mágico pela primeira vez, insegurança que se transforma em momentos certamente inesquecíveis!

Para quem ainda não teve esse prazer de pisar em um palco, recomendo: faça-o! Você merece!

O palco é, enfim, a vida do artista, amador ou profissional.
É o paraíso daqueles que amam e fazem a música, o teatro, a dança.
Ali, encontramo-nos INTEIROS e ENTREGUES . É libertar nosso espírito.

Privilegiados seres que somos, capazes de emocionar alguém…




Eduardo.

Água nelas!


Este post é praticamente um lembrete a mim mesma, mas acredito ser útil a todos os leitores cantores. Agora que o tempo tá friozinho, a gente acaba esquecendo de beber água, não é? Todos os médicos estão recomendando que a gente fique atento a isso no inverno, já que no verão o calor não nos deixa esquecer de beber mais líquidos. Mas pra nós que cantamos, não podemos nunca esquecer que a água é a melhor amiga das pregas vocais.

Sempre ouvimos falar da importância de se beber água para a saúde em geral. Mas saiba que se nosso corpo está bem hidratado, nossas pregas vocais também estarão, com melhor flexibilidade e vibração.

Óbvio que a água (ou qualquer líquido) que ingerimos não passa pelas pregas vocais. Se isso acontecesse iríamos aspirar líquidos para o pulmão e poderíamos até morrer! Como hidratamos as pregas vocais, então? Li que a laringe produz normalmente uma secreção. De acordo com cada organismo essa secreção pode ser mais viscosa, mais fluida ou mais grossa. Ela age como uma proteção para esta região, principalmente na mucosa das cordas vocais, diminuindo o atrito entre elas e aumentando sua flexibilidade e vibração. A água ajuda na melhor hidratação das células que, por consequência, produzem uma secreção mais fluída facilitando o processo de vibração das pregas vocais. Se a mucosa das pregas vocais estiver muito ressecada, poderá haver um grande atrito entre elas o que poderá acarretar, inclusive, o aparecimento de alguma lesão.

Em geral, se recomenda a ingestão de aproximadamente 2 a 3 litros de água por dia. Mas é importante fazer uma observação de sua saúde como um todo. A ingestão de um medicamento que contenha diurético por exemplo (que pode ser encontrado num remédio para emagrecer) pode fazer com que você perca muita água e precise elevar o seu nível de hidratação. Já a ingestão exagerada de água pode levar a uma perda de sódio no organismo causando danos à saúde em geral.

Uma boa forma de observar o nível de hidratação do corpo é pela observação da coloração da urina. Quanto mais hidratado estiver o indivíduo, mais clara será a coloração da urina.

Pode se fazer também hidratação direta das pregas vocais por inalação de vapor (utilizando vaporizador, ou inalador por exemplo). Cláudia Leite e Ivete Sangallo adotam esse método em todo carnaval.

Li uma vez que sucos, refrigerantes e etc não hidratam de forma adequada, então não contabilizem esses líquidos no seu compromisso de 2 litros de água por dia. E durante um ensaio, na aula de canto, ou numa apresentação, tenha sempre uma garrafinha de água por perto. A água vai compensar as perdas líquidas durante a atividade, hidratando e purificando o muco. Eu sempre sinto minha garganta secar quando canto.

Ah, e não fique pigarreando para tirar a secreção da garganta! Se você tiver esse hábito, pode parar já com isso. Além de nojento, as tentativas de soltar secreção causam uma irritação da mucosa e descamação do tecido. O mais adequado é beber água para que a secreção saia espontaneamente. A cantora Tutti Baê recomenda em seu livro “Canto, uma expressão” inspirar profundamente pelo nariz e deglutir logo em seguida. O que os jogadores de futebol fazem é só eliminar o excesso de saliva que a atividade física superproduz, por isso cospem o tempo todo. Eca! Mas não tem nada a ver com pigarro.

Ainda no assunto líquidos, os sucos de laranja e limão auxiliam a absorção do excesso de secreção, e a maçã possui propriedade adstringente, por isso é bom comer depois de uma refeição, pra limpar a boca e a faringe. Também recomendações da Tutti Baê em seu livro.

Agora que leu esse post, tome já um gole de água! Eu já tomei o meu! ;-)

Pra te dar mais sede, veja este vídeo!



Beijos
Adriana
@drixguimaraes

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Vale um Click!


Atendendo a pedidos, volto ao blog com mais dicas de sites que valem a pena conhecer.

http://palcomp3.com/
Este é um site de músicas independentes. Você pode cadastrar sua banda, postar suas músicas, ver agenda de shows da galera e etc. Tem subdivisões por categorias musicais e artistas de todo país.

http://tramavirtual.uol.com.br/
Mais músicas independentes. Você pode ouvir as músicas, ter informações sobre as bandas, e tem até download remunerado. É grátis pra quem baixar a música, mas você artista que disponibilizou a música no site recebe um dim-dim. A Trama Virtual se intitula “Comunidade da Música Brasileira”, pois além de tudo isso o usuário pode ter sua própria página de perfil, com galeria de fotos e blog, além de ter a possibilidade de declarar-se fã de seus artistas preferidos e listar os favoritos em sua home.

http://www.formesuabanda.com.br/
Não tem banda? Ou tem, mas falta um guitarrista? Esse é um site onde você visualiza anúncios da galera que toca, canta e está se disponibilizando pra entrar numa banda, ou você mesmo pode se anunciar lá. Tem gente de todo Brasil!

http://www.planetarei.com.br/100anos/index.htm
Uma maravilha para quem gosta de música. De qualquer estilo de música popular. Uma lista anual com as músicas mais tocadas no Brasil de músicas de 1904 a 2003, com link para o Youtube para você ouvir ou ver e ouvir a interpretação, se ela estiver lá. Tem 100 músicas para cada lista desses 100 anos!

http://www.youtube.com/disco
Confira agora a nova sensação do YouTube, chamada YouTubeDisco. Ele é super útil para aqueles dias que você esquece o ipod em casa. Divirta-se com o acervo do site, digitando o nome do artista ou da música que você tanto adora, e montando uma playlist sem interrupções! É muito fácil e muito legal!

Beijos,
Adriana
@drixguimaraes

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Formas criativas de fazer música

O negócio hoje é usar toda a criatividade, abusar da tecnologia, dar asas a imaginação e fazer música de forma bem inusitada! Vejam alguns vídeos bem legais que encontrei no Youtube:

1) Para as pessoas que gostam de música e de tecnologia! Não pode deixar de prestigiar este vídeo de um coral promovido pelo compositor Eric Whitacre. A curiosidade é que todos os integrantes do coral gravaram sua parte pela webcam, e depois juntaram tudo!



2) Veja só que legal esta garota coreana reproduzindo a música da Beyonce, Irreplaceble apenas com aplicativos de música instalados em 3 iPhones. Ela reproduz praticamente uma banda inteira sozinha! Primeiro ensina como fazer e depois toca e solta a voz!



3) Nesse vídeo aqui você vai ver um percussionista muito criativo (e cá entre nós deve ter sido uma ação de marketing muito bem bolada). Nessa “banda”, ao invés de usarem instrumentos pra produzir som, usam caixinhas de TIC TAC!



4) Agora mais um vídeo típico de "faça seu próprio instrumento”. Olha o que esse cara fez usando 2 Android, 2 Windows Mobile, 1 IPod Touch, aplicativos musicais e muita fita adesiva!




Pra começar essa segundona bem, tá aí uma injeção de criatividade! =)

Beijos,
Adriana
@drixguimaraes